Voltar ao início
PÁGINA INICIAL ADICIONAR AOS FAVORITOS INDIQUE ESTA PÁGINA FALE CONOSCO Facebook

O exame bacteriológico pode ser realizado nos mais diversos materiais. Deve-se colher a amostra diretamente da lesão.

- Lesões profundas: realizar rigorosa antissepsia da região externa e puncionar com seringa e agulha.

- Fístulas e abscessos abertos: realizar rigorosa antissepsia da região externa e espremer o material da profundidade, colhendo a secreção com "swab" ou seringa.

- Ouvidos, Vagina: realizar rigorosa antissepsia da região externa e colher com "swab". Figura 1

- Sangue: Realizar tricotomia, antissepsia de pele, deixar secar. Se a coleta não for feita a vácuo proceder à desinfecção da tampa do frasco antes da inoculação de pelo menos 5 ml de sangue. Informar ao laboratório a suspeita diagnóstica. Os frascos para hemocultura devem ser solicitados ao laboratório antes da coleta.

- Urina: Para se fazer análise bacteriologia é importante que não haja nenhuma contaminação da amostra. Nunca colher com swab, pois inviabiliza a contagem de colônias.


Figura 1
 
Figura 2
 
 

Veja também

Acesso exclusivo a clientes cadastrados.

Acesso aos laudos, requisições, extratos e relatórios.

Rua Tito Lívio Zambecari, 455 - Mont'Serrat - Porto Alegre/RS - Fone: (51) 3330.7710 - Fax: 3024.7820

© 2010-2018 Laborvet - Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva